Notícias

Tel.:(11) 3897-6100

pt
en
es

COUROMODA 2024

Todos os serviços para sua participação na Couromoda.

VIAGEM E HOSPEDAGEM

Oportunidade de atualização com os principais temas do mercado.

CREDENCIAMENTO EMPRESARIAL

Garanta sua credencial para a mais importante feira de calçados da América Latina.

SÃO PAULO PRÊT-À-PORTER

Feira Internacional de Negócios para Indústria de Moda, Confecções e Acessórios.

Notícias da Couromoda

Calçado no Mundo

Notícias do Setor

Colunista

Lançamentos e Moda

Mídia

Facebook
Twitter
Pinterest
[wpavefrsz-resizer]

Confira o que pensa e planeja o novo presidente da Ablac, Imad Esper

    Imad Esper, diretor comercial do Grupo Savan (Goiânia/GO), assumiu em janeiro, durante a Couromoda 2015, a presidência da Associação Brasileira de Lojistas de Artefatos e Calçados (Ablac) com um projeto especial – identificar, por meio de uma pesquisa quantitativa e qualitativa de âmbito nacional, as preferências do consumidor em relação ao calçado.
    O objetivo é conhecer melhor o consumidor e, com base nas informações obtidas, nortear as atividades da indústria e do varejo, tornando-as mais assertivas e rentáveis. A proposta altera o sistema atual, em que a indústria pesquisa, desenvolve, fabrica e vende os produtos ao varejo e este os comercializa para o consumidor. “Acho importante ouvir o cliente para sabermos qual o tamanho da sua necessidade de compra e sua capacidade de pagamento, compartilhar esta pesquisa com fabricantes e lojistas associados da Ablac para termos mais segurança de compra e venda”, afirma Imad.
    O lojista enfatiza que, no Brasil, pela sua extensão territorial, há diferentes perfis de consumidores, que precisam ser levados em conta na criação e na venda do calçado. “Precisamos enxergar o que cada região tem de particular”, destaca. A pesquisa deverá apontar também o potencial de consumo de cada faixa de mercado (classe social e níveis de renda, por exemplo) e segmento de produtos, com o que fabricantes e lojistas terão melhores condições para projetar melhor o volume de negócios nos segmentos em que atuam. E, ainda, se necessário, mudar estratégias e a forma de atuação.  

    Exemplo de sucesso
    Imad Esper destaca que o modelo já é empregado com sucesso pelo setor de supermercados, que direciona o mix de produtos conforme as preferências do consumidor, e pode ser útil também ao varejo de calçados. O futuro presidente da Ablac já conversou com lojistas e industriais calçadistas sobre o assunto e pretende intensificar os contatos a partir de sua posse, no jantar anual da entidade, no segundo dia da Couromoda 2015.
    Com a experiência de quem atua desde 1985 no varejo e comanda a área comercial do Grupo Savan, com 19 lojas em Goiás e Minas Gerais, Imad enfatiza que o varejo também precisará dar continuidade em 2015 ao processo de ajustes internos, que marcou o setor em 2014. Com vendas em queda, as lojas foram obrigadas, nos últimos meses, a reorganizar seus processos administrativos e de vendas, visando reduzir custos. Demissões ocorreram, margens foram reduzidas e, em alguns casos, até mesmo lojas foram fechadas.
    No Grupo Savan, por exemplo, os departamentos internos foram redesenhados e, hoje, atuam em total sinergia, tendo todos a mesma importância estratégica. Vários processos foram melhorados e otimizados, dentre eles os de contratação de funcionários e análise das vendas em crediário e cobrança. Conforme Imad, os resultados estão sendo positivos e o departamento de pessoal pode dedicar-se a tarefas mais estratégicas. Além disso, houve redução de custos.

    Capacitação e treinamento
    Outro exemplo é a área de formação e treinamento. A Universidade Savan – sistema de capacitação interno de gestores que existe há dois anos – ampliou em 2014 o curso de gestão de lojas e também priorizou o atendimento aos clientes, um dos diferenciais da rede de lojas. Melhor preparados, os vendedores têm melhor produtividade. Outra iniciativa bem-sucedida é a adoção de um sistema de remuneração diferenciado, que oportuniza ganhos maiores aos profissionais da linha de frente das lojas, onde a automação das operações também otimiza o tempo de permanência dos clientes. “Os cortes foram feitos e agora é hora de continuarmos a ganhar eficiência”, diz Imad.

    Na avaliação dele, 2015 será ainda um ano difícil, pois os governos federal, estaduais e municipais terão que adotar medidas de estímulo à economia, serem mais eficientes e menos burocráticos. “O País precisa voltar a crescer e ser competitivo”, argumenta.
   A expectativa do lojista é de que o setor possa retomar os níveis de venda em 2015, para o que a Couromoda terá papel importante. A feira, segundo ele, sinaliza o comportamento dos negócios nos meses seguintes e cada vez mais oferece atrativos para que o varejo se faça presente. Em 2015, também ocorrerá em novo local, o Expo Center Norte, cuja climatização total e segmentação por tipo de produto oportunizam melhores condições de negociação aos lojistas.
     “Não bastassem o ambiente favorável e as novas coleções de mais de 1,2 mil marcas de calçados e acessórios, também teremos a oportunidade de nos atualizarmos em relação ao mercado e à gestão de nossos negócios durante o Congresso Brasileiro do Calçado e trocarmos ideias com outros dirigentes, o que sempre é salutar”, diz.

Grupo Savan profissionaliza-se
    Prestes a completar 25 anos de atividades, o Grupo Savan realizou em 2014 um programa de reestruturação interna e iniciou seu processo de profissionalização, visando ganhar competividade. O perfil jurídico passou de sociedade por cotas de responsabilidade limitada para sociedade anônima, e a nova razão social é Global Comércio de Calçados S/A.
    A empresa é comandada pelos irmãos Lara, Veronique e Imad Esper – que integram o conselho de administração – e cinco executivos profissionais. “Com esta configuração, queremos continuar crescendo, prestando bons serviços à sociedade e remunerando os acionistas”, acentua Imad.
    Em novembro, o grupo inaugurou, no bairro Campinas, em Goiânia a sua 19ª loja. A nova sapataria possui 400m² e marca a aceleração do processo de expansão. Os nomes dos centros de compras e as cidades são mantidos em sigilo. Com o redesenho dos processos internos, o diretor comercial acredita em dias e vendas melhores em 2015.
 
GRUPO SAVAN
19 lojas
1 loja virtual
430 funcionários
Em Goiás: Anápolis, Aparecida de Goiânia, Goiânia, Jataí e Senador Canedo
Em Minas Gerais: Uberlândia

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MAIS NOVIDADES