Notícias

Tel.:(11) 3897-6100

pt
en
es

COUROMODA 2024

Todos os serviços para sua participação na Couromoda.

VIAGEM E HOSPEDAGEM

Oportunidade de atualização com os principais temas do mercado.

CREDENCIAMENTO EMPRESARIAL

Garanta sua credencial para a mais importante feira de calçados da América Latina.

SÃO PAULO PRÊT-À-PORTER

Feira Internacional de Negócios para Indústria de Moda, Confecções e Acessórios.

Notícias da Couromoda

Calçado no Mundo

Notícias do Setor

Colunista

Lançamentos e Moda

Mídia

Facebook
Twitter
Pinterest
[wpavefrsz-resizer]

Dia das Mães: vendas do setor de calçados devem crescer 5%

Em todo o Brasil, o varejo de calçados aguarda com grande expectativa a chegada do Dia das Mães, data que costuma incrementar as vendas em níveis quase iguais aos do Natal. Este ano, apesar da demanda reprimida, a expectativa dos lojistas é de que a tradição de presentear as mães fale mais alto e motive os clientes a comprar. Para o presidente da Associação Brasileira de Lojistas de Artefatos e Calçados (Ablac), Imad Esper, o aumento de vendas até o dia 10 deve ser da ordem de 5%.

“As pessoas estão mais cautelosas, mas não deixarão de surpreender as mães com um presente na sua data”, afirma. Esper ressalta que as opções de presente são muitas, mas as botas devem ser as mais procuradas, por serem uma espécie de símbolo da elegância feminina. As principais marcas, diz, desenvolveram modelos belíssimos e as lojas flexibilizaram as condições de pagamento para assegurar um bom volume de vendas. Nas regiões sul e sudeste, a temperatura agradável das últimas semanas é um fator adicional que favorece as vendas de botas e calçados fechados.

Lojistas apostam em ações
A Centauro e a Centauro.com.br, por exemplo, celebram o Dia das Mães com um leque de produtos. Desde o último dia 24, todas as lojas do Brasil e o e-commerce da maior rede multicanal de varejo de produtos esportivos da América Latina exibem uma nova comunicação visual e disponibilizam diversas opções de presentes, das principais marcas esportivas, como Nike, adidas, Under Armour, Asics, Fila, Mizuno e Oxer, para o dia especial.

Há produtos para todo o tipo de mãe. Aquela que gosta de caminhada e/ou corrida, anda de bicicleta, faz lutas marciais ou relaxa com a ioga. Há ainda acessórios para aquelas que preferem vestir uma roupa confortável apenas por lazer. As opções de tênis são diversas, como Mizuno Empower por R$ 159,99, Mizuno Wave Elevation por R$ 249,99, Asics Gel Contend 2 por R$ 229,99 e Nike Dart 11 MSL por R$ 199,99. Para quem busca um acessório descolado, a sugestão fica por conta da bolsa Fila Fortune por R$ 89,99.

Já a rede Gaston, com lojas em diferentes cidades do Rio Grande do Sul, por sua vez, preparou para o Dia das Mães 2015 a campanha ‘Bom Mesmo é Dar O Que Ela Gosta’, que concede 60 dias para o primeiro pagamento nas compras com cartão da loja em até cinco vezes. “A promoção é válida para o período de 20 de abril a 10 de maio e vem atraindo os clientes às nossas lojas”, enfatiza a gerente de marketing Paulina Bacher.


Calçado está entre os artigos preferidos no Rio e em Santa Catarina

O varejo espera vender 3,2% mais este ano, na comparação com igual data de 2014. Para isso, aposta em promoções, como sorteio de brindes, oferta de produtos com descontos e distribuição de flores. Estudo do Clube de Diretores Lojistas (CDL) local mostra que 35% dos comerciantes investiram em propaganda para estimular as vendas. 

O preço médio dos presentes por pessoa deve ser de cerca de R$ 160, e os clientes devem usar o cartão de crédito parcelado como principal forma de pagamento. De acordo com a pesquisa do CDL, vestuário, calçados e acessórios devem ser os produtos mais vendidos. Os filhos (50,7%) e maridos (18,3%) são os que costumam escolher os mimos.

Aldo Gonçalves, presidente do CDL Rio, diz que o comércio está otimista. “Os comerciantes criaram uma série de estímulos para aumentar as vendas, entre promoções, descontos, sistemas de crédito e diversificação de produtos. E, a julgar pelo movimento dos últimos dias, a estratégia vai atingir os objetivos”, explica.

Alguns shoppings dão brindes para quem comprar até o dia 10 de maio. No ParkShopping Campo Grande, por exemplo, a cada R$ 350 em compras o cliente leva uma caixa com sabonetes Phebo. Já no Metropolitano Barra, quem consumir R$ 500 em compras ganha um pingente de ouro em formato de coração. Outra aposta são os sorteios de carros, que acontecem nos shoppings Bangu, Via Parque e Rio Sul. O São Gonçalo Shopping, por sua vez, sorteará smartphones, enquanto no Shopping Tijuca o prêmio é um jantar em restaurante.

Santa Catarina
Pesquisa da Fecomércio e da Federação das CDLs revela que a média de gasto será de R$ 176,86 por pessoa, contra R$ 188,55 do Dia das Mães do ano passado. A data é a segunda melhor do ano para o varejo e o vestuário prossegue sendo o carro-chefe das vendas na data: 44,6% dos consumidores recorrerão às lojas do segmento, a maioria delas no comércio de rua (74,8%), contra 18,5% dos que escolhem shoppings centers. Os setores que mais faturam são a perfumaria (13%) e o de calçados/bolsas (11,5%). 


Vestuário com boas expectativas para a data

Se a chegada antecipada dos dias mais frios coincidir com o período de compras do Dia das Mães, o varejo de vestuário pode ter boas expectativas neste primeiro semestre. A despeito do consumidor estar mais retraído, o Dia das Mães representa a segunda data do ano mais importante para as grandes redes representadas pela ABVTEX (Associação Brasileira do Varejo Têxtil). A data é somente superada pelo Natal.

E é justamente nesta época do ano, no Dia das Mães, que os varejistas já estão com as coleções outono-inverno nas lojas. De maior valor agregado, estes artigos geram um ticket médio mais elevado, principalmente nas regiões Sudeste e Sul do País. Vale lembrar que em anos anteriores, o varejo foi surpreendido por dias muito quentes às vésperas do Dia das Mães. “O varejo sempre tem a expectativa de que o clima contribuirá para o aumento das vendas. O consumidor brasileiro não tem o hábito de programar suas compras, ou seja, se o dia amanhece com temperaturas mais baixas, a demanda por casacos e jaquetas aumenta consideravelmente”, afirma Sidnei Abreu, diretor executivo da ABVTEX.

O varejo de vestuário vem sentindo de perto os problemas advindos da diminuição do poder de compra, elevada carga tributária, deficiências de infraestrutura, alta do dólar e reflexos das crises hídrica e de energia. Ainda assim, a atividade aposta na oferta de crédito, artigos diferenciados, coleções, vitrines atrativas e na capilaridade do grande varejo de Norte a Sul do País para conquistar o consumidor. “No Dia das Mães, as roupas estão no topo da lista de itens mais procurados, seguidas de perfumes, cosméticos, calçados e acessórios. Só falta o clima ajudar”, conclui Abreu.  

A ABVTEX representa 22 grandes redes varejistas nacionais de vestuário; artigos de cama, mesa e banho; calçados, bolsas e acessórios.

Leia também:
Setor de calçados apresenta muitas novidades para o Dia das Mães
Sandálias ‘tal mãe, tal filha’ da Be Forever prometem fazer sucesso em maio
Dia das Mães: Século XXX aposta em opções para diferentes estilos femininos
Comfortflex aposta no Dia das Mães
Petite Jolie destaca modelos que atendem mães e filhas
Le Postiche lança campanha de Dia das Mães
Werner apresenta diversas novidades para o Dia das Mães
Com a Zeket, o Dia das Mães será nas alturas
Rafitthy: bolsas para todos os estilos de mães
Clube Melissa homenageia as mães com ação
Loucos & Santos tem campanha com brinde especial para o Dia das Mães
Minha mãe é uma vitrine!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MAIS NOVIDADES