Notícias

Tel.:(11) 3897-6100

pt
en
es

COUROMODA 2024

Todos os serviços para sua participação na Couromoda.

VIAGEM E HOSPEDAGEM

Oportunidade de atualização com os principais temas do mercado.

CREDENCIAMENTO EMPRESARIAL

Garanta sua credencial para a mais importante feira de calçados da América Latina.

SÃO PAULO PRÊT-À-PORTER

Feira Internacional de Negócios para Indústria de Moda, Confecções e Acessórios.

Notícias da Couromoda

Calçado no Mundo

Notícias do Setor

Colunista

Lançamentos e Moda

Mídia

Facebook
Twitter
Pinterest
[wpavefrsz-resizer]

Exposição “Joias do deserto” na Fiesp

A Galeria de Arte do Sesi-SP apresenta a exposição “Joias do Deserto” até 10 de junho, no Centro Cultural Fiesp – Ruth Cardoso, na capital paulista. A mostra traz uma seleção de adornos corporais orientais, africanos e asiáticos pertencentes ao acervo etnográfico da historiadora Thereza Collor, que datam dos séculos XIX e XX.

Na mostra serão exibidas cerca de 2.000 peças da joalheria tradicional – entre brincos, colares, braceletes, cintos, bolsas, tornozeleiras, roupas e adornos peitorais e de cabeça – de povos habitantes de cinco regiões desérticas: o grande Deserto do Saara – compreendendo Marrocos, Argélia, Mali, Níger, Tunísia, Líbia e Egito (até o Sinai, chegando à Palestina); o Deserto da Arábia – Arábia Saudita, Iêmen, Sultanato de Omã e Síria; os Desertos da Ásia Central – Uzbequistão, Turcomenistão, Quirguistão e Cazaquistão (passando pelo Irã, até o Afeganistão); o Deserto de Thar – Índia (Rajastão e Gujarat) e Paquistão; e o Deserto do Himalaia – Tibete (território autônomo da China) e Ladakh (região dividida entre a Índia, Paquistão e China).  

Por conta de novas configurações geopolíticas e da globalização, muitas dessas sociedades estão em curso de desaparecimento. Desta forma, além do significado artístico, o acervo contribui com a preservação dessas culturas por reunir artefatos que revelam os costumes e tradições desses diferentes povos.  

A exposição traz ainda fotografias dos diferentes desertos e de seus habitantes, todos registrados pela própria colecionadora. São mais de 300 imagens, que possibilitarão ao visitante perceber o olhar de Thereza.  

“Joias do Deserto” tem concepção de Thereza Collor – formada em História, foi Secretária de Turismo do Estado de Alagoas entre 1995 e 1998 e é autora do livro “Alagoas um olhar”, publicado em 2010.

Ana Cristina Carvalho é a curadora convidada da mostra, que tem projeto expositivo de Haron Cohen, produção executiva da arte3/conceito, coordenação de conteúdo de Maria José Birraque e registro fotográfico de Hugo Curti.

Serviço
Exposição “Joias do Deserto”
Local: Galeria de Arte do SESI-SP – Centro Cultural FIESP – Ruth Cardoso
End.: Av. Paulista, 1313 (metrô Trianon-Masp) – Tels.: (11) 3146-7405/06
Visitação: até 10 de junho de 2012
Horário: segunda-feira, das 11:00 às 20:00, terça a sábado, das 10:00 às 20:00, e domingo, das 10:00 às 19:00
gendamento de grupos: (11) 3146-7396, das 10h às 13h e das 14h às 17h.
Entrada franca. O espaço tem acessibilidade.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MAIS NOVIDADES