Notícias

Tel.:(11) 3897-6100

pt
en
es

COUROMODA 2024

Todos os serviços para sua participação na Couromoda.

VIAGEM E HOSPEDAGEM

Oportunidade de atualização com os principais temas do mercado.

CREDENCIAMENTO EMPRESARIAL

Garanta sua credencial para a mais importante feira de calçados da América Latina.

SÃO PAULO PRÊT-À-PORTER

Feira Internacional de Negócios para Indústria de Moda, Confecções e Acessórios.

Notícias da Couromoda

Calçado no Mundo

Notícias do Setor

Colunista

Lançamentos e Moda

Mídia

Facebook
Twitter
Pinterest
[wpavefrsz-resizer]

Fábrica na Argentina marca 50 anos da Killing

O ano de 2012 é especial para a Killing S/A, com sede em Novo Hamburgo/RS. A empresa, que comemora 50 anos de atividades, colocou em operação em Caseros, província de Buenos Aires, uma unidade fabril de adesivos à base de solventes destinada a abastecer as indústrias calçadistas brasileiras que produzem na Argentina.

Além dos benefícios logísticos da proximidade com os clientes, a unidade tem a função de fugir das restrições que o país vizinho vem impondo às importações de produtos brasileiros. O objetivo da empresa é implantar este modelo de fábrica em outros polos produtores latino-americanos e da Ásia.

“Esta é uma data importante que poucas empresas alcançam”, disse o diretor-presidente, Milton Killing. Conforme ele, o sucesso da empresa ao longo de cinco décadas tem como base uma visão sistêmica e parcerias duradouras. “Temos fornecedores, clientes e colaboradores extraordinários, que nos ajudam a crescer e a desenvolver produtos que atendam às necessidades do mercado”, acrescentou.

Com matriz em Novo Hamburgo, a Killing atua desde 1962 no mercado nacional e na América Latina, voltada ao desenvolvimento de produtos e serviços em pintura e colagem. Oferece soluções customizadas e inovadoras para os segmentos calçadista, moveleiro, construção civil, coureiro e metal-mecânico. Emprega 500 colaboradores em suas unidades no Rio Grande do Sul, Ceará, Bahia e Argentina. Em 2010, obteve faturamento líquido de US$ 134 milhões.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MAIS NOVIDADES