Notícias

Tel.:(11) 3897-6100

pt
en
es

COUROMODA 2024

Todos os serviços para sua participação na Couromoda.

VIAGEM E HOSPEDAGEM

Oportunidade de atualização com os principais temas do mercado.

CREDENCIAMENTO EMPRESARIAL

Garanta sua credencial para a mais importante feira de calçados da América Latina.

SÃO PAULO PRÊT-À-PORTER

Feira Internacional de Negócios para Indústria de Moda, Confecções e Acessórios.

Notícias da Couromoda

Calçado no Mundo

Notícias do Setor

Colunista

Lançamentos e Moda

Mídia

Facebook
Twitter
Pinterest
[wpavefrsz-resizer]

Governo acerta com abertura de diálogo

HEITOR KLEIN
Presidente executivo da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados – ABICALÇADOS


Na última semana de janeiro tive a felicidade de participar de um momento importante para o setor exportador brasileiro. No dia 28, em São Paulo, aconteceu um encontro com lideranças setoriais para discutir demandas que vão auxiliar na construção do Plano Nacional de Exportação, que deve ser formalizado até final de fevereiro. Trata-se de uma abertura de diálogo importante com a iniciativa privada, algo que estávamos privados – com perdão do trocadilho – em anos recentes. Demonstra, acima de tudo, vontade política para caminhar rumo à construção de mecanismos para recuperar a competitividade das exportações de produtos manufaturados, de maior valor agregado, melhorando o resultado da nossa deficitária balança comercial.

Alguns pontos relevantes foram tocados sempre sob o prisma de seis pilares, Promoção Comercial, Acesso a mercados, Financiamentos e Garantias à Exportação, Facilitação do Comércio, Tributação das Exportações e Transparência e Participação no setor privado. No encontro, foram discutidos temas como a importância de reforçar mecanismos como o Reintegra, retomar os acordos bilaterais com importantes parceiros comerciais, buscar solução para os problemas com a Argentina, entre outros.

Política de estimulo industrial
Por outro lado, é importante ter em mente que, de nada, ou pouco, irão adiantar os esforços para promoção do produto brasileiro no exterior se não tivermos aqui uma política de estímulo industrial. A melhoria de condições para a competitividade passa por questões internas, como a diminuição da carga tributária, a melhoria da infraestrutura para exportação e uma logística melhorada, menos custosa e mais eficiente do que a atual. E para que as condições internas melhorem, os esforços devem ser integrados às demais áreas do Governo Federal, trazendo os demais ministérios para o centro do debate.

De toda a forma, parabenizamos o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e a Apex-Brasil pela iniciativa de trazer o setor privado para participar de um momento tão relevante não somente para a indústria, mas para toda a sociedade brasileira.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MAIS NOVIDADES