Notícias

Tel.:(11) 3897-6100

pt
en
es

COUROMODA 2024

Todos os serviços para sua participação na Couromoda.

VIAGEM E HOSPEDAGEM

Oportunidade de atualização com os principais temas do mercado.

CREDENCIAMENTO EMPRESARIAL

Garanta sua credencial para a mais importante feira de calçados da América Latina.

SÃO PAULO PRÊT-À-PORTER

Feira Internacional de Negócios para Indústria de Moda, Confecções e Acessórios.

Notícias da Couromoda

Calçado no Mundo

Notícias do Setor

Colunista

Lançamentos e Moda

Mídia

Facebook
Twitter
Pinterest
[wpavefrsz-resizer]

Governo do RS disponibiliza recursos à indústria gaúcha de máquinas

As indústrias gaúchas de máquinas e equipamentos para couro e calçados podem usufruir de recursos do governo estadual para projetos de inovação tecnológica e promoção comercial.

Durante encontro de aproximação com o Conselho Diretor da Associação Brasileira das Indústrias de Máquinas e Equipamentos para os Setores de Couro, Calçados e Afins (Abrameq), em Novo Hamburgo/RS, o secretário de Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico, Cléber Prodanov, citou diversos projetos de incentivo e financiamento disponibilizados às empresas gaúchas, através dos quais, somente este ano, serão investidos cerca de R$ 130 milhões.

Um deles é o Projeto Pró-Inovação destinado a fomentar o desenvolvimento de produtos inovadores, inclusive máquinas e equipamentos para produção de couro ou calçados. Baseado no incremento do ICMS gerado, o projeto é de fácil acesso. Os formulários estão disponíveis na internet para empresas de todos os portes. As propostas são analisadas por um comitê gestor e, se aprovadas, são liberadas rapidamente às empresas, que podem financiar de 75 a 90% dos valores previstos.

“Trata-se de um sistema de auto-financiamento disponível inclusive para as empresas do setor e que viabiliza acesso a recursos baratos”, afirmou Prodanov no encontro com os empresários do Vale do Sinos. Atualmente, 19 empresas já desenvolvem projetos do gênero.

Outra opção para os fabricantes gaúchos é o projeto Polos Tecnológicos. No caso da indústria de máquinas e equipamentos para couro e calçados, o projeto tem sede em Novo Hamburgo, na Universidade Feevale. Cerca de R$ 2 milhões estão disponíveis para projetos de destinados ao desenvolvimento de soluções para gargalos de empresas ou do setor como um todo.

Empresas interessadas em obter informações devem procurar a Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação da Universidade Feevale. Este ano, o projeto movimentará R$ 17 milhões. Para 2013, estão garantidos R$ 17 milhões e para 2014, o mesmo montante”, disse o secretário Prodanov, que tem uma forte ligação com o Vale do Sinos, construída durante os anos de atuação como pró-reitor da universidade com sede em Novo Hamburgo. “Nosso grande desafio não é a disponibilidade de dinheiro, mas encontrar projetos que realmente ofereçam inovação do Rio Grande do Sul”, enfatizou.

A mais recente iniciativa do governo gaúcho para estimular as empresas em geral é o projeto denominado Indústria da Criatividade, com foco nas áreas de design de produtos, ergonomia e audiovisual. O investimento previsto para 2012 é de R$ 1,2 milhão. Um dos objetivos é estimular a criação de birôs de design em diferentes setores empresariais, para beneficiar empresas individualmente ou de forma coletiva. “Sabemos que existem segredos industriais, mas podemos encontrar formas de atuação conjunta que permitam ganhos a todos”, destacou.

Para as pequenas empresas, o Governo do RS desenvolve o projeto Incubadoras Tecnológicas. Um novo edital lançado este mês disponibiliza R$ 2,1 milhões para empresas que têm de dois a cinco funcionários e pretendem desenvolver novos produtos de base tecnológica, para iniciar ou ampliar a prestação de serviços às indústrias em geral.

Na área tecnológica, há também o projeto Parques Tecnológicos, que este investirá R$ 12,8 milhões em ações estruturantes e estratégicas. O Vale do Sinos conta com dois pólos: o Valetec, em Campo Bom, e o Tecnosinos, em São Leopoldo. A função dos pólos é atrair empresas que queiram ampliar sua base tecnológica.

PROJETOS DO GOVERNO GAÚCHO

• Pró-Inovação
Voltado ao desenvolvimento de produtos inovadores
R$ 17 milhões serão investidos este ano

• Pólos Tecnológicos
Para desenvolvimento de soluções para gargalos de empresas ou de um setor
R$ 12,8 milhões serão investidos em 2012

• Indústria da Criatividade
Foco nas áreas de design de produtos, ergonomia e audiovisual.
Investimento de R$ 1,2 milhão em 2012

• Incubadoras tecnológicas
Destinados a empresas que pretendem ampliar sua base tecnológica.
R$ 2,1 milhões em 2012

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MAIS NOVIDADES