Notícias

Tel.:(11) 3897-6100

pt
en
es

COUROMODA 2024

Todos os serviços para sua participação na Couromoda.

VIAGEM E HOSPEDAGEM

Oportunidade de atualização com os principais temas do mercado.

CREDENCIAMENTO EMPRESARIAL

Garanta sua credencial para a mais importante feira de calçados da América Latina.

SÃO PAULO PRÊT-À-PORTER

Feira Internacional de Negócios para Indústria de Moda, Confecções e Acessórios.

Notícias da Couromoda

Calçado no Mundo

Notícias do Setor

Colunista

Lançamentos e Moda

Mídia

Facebook
Twitter
Pinterest
[wpavefrsz-resizer]

Hemb: design estratégico e experiência de compra ao pé da letra

Localizada em um bairro nobre de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, a Hemb – Forma e Conteúdo estreou no rol de lojas verdadeiramente irreverentes no dia 19 de maio de 2011. O arrojo do empreendimento já conquistou o quinto lugar no concurso Super Store, da Farfetch, e foi reverenciado pela revista GQ, que elegeu a Hemb como a melhor multimarca masculina do Brasil.

O negócio é capitaneado por Felipe Hemb, um jovem que, como tantos outros, almejava trabalhar em algo que somasse felicidade e oportunidade de mercado. “Sempre tive grande vontade de empreender, desejo que confirmei após algumas experiências profissionais. As ideias para um negócio próprio eram muitas, mas as certezas eram poucas”, conta ele.

Para responder as dúvidas, o visionário viajou pelo Brasil e pelo mundo e investiu em visitas de benchmarking – método de aperfeiçoamento de gestão – e pesquisou a fundo as possibilidades, até atrair-se pelo projeto de uma loja masculina. A questão crucial, então, passou a ser a diferenciação. E as inspirações eram diversas: Colette, por sua curadoria “impecável”; Moncler, com sua arquitetura aconchegante; Apple, pelo serviço e atendimento; e Selfridge e a relação com novos artistas.

Planejamento
O primeiro passo foi ampliar horizontes em termos de produtos. “Pensei em trabalhar com todo o universo masculino, isto é, não ficando limitado apenas ao segmento de vestuário, mas abrangendo tudo que envolve as áreas de interesse dos homens nos dias de hoje, como objetos de decoração e design, gastronomia e enogastronomia, gadgets, livros, jogos, acessórios, malas para viagem, pastas etc”, relata.

A meta de Felipe foi alinhada com pesquisas de comportamento de compra e uma equipe multidisciplinar verificou aspectos comerciais e financeiros. Além disso, a sinergia era plena com as áreas de comunicação, arquitetura, design de marca, moda e assessoria de imprensa. O design estratégico interligou todas estas esferas em um conjunto bem-sucedido.

Um importante objetivo da Hemb, o de criar um desejo de permanência através de um espaço amigável e acolhedor, foi arrematado com a criação da Barbe, Hemb & Bigode, serviço de barbearia tradicional oferecido clientes como cortesia.

Mix sem igual
“Vários fatores contribuíram para apresentar algo diferente e inovador. Se analisarmos individualmente cada detalhe da Hemb, provavelmente já os vimos em algum outro lugar. Mas colocar todos eles juntos e focar na experiência de compra trouxe uma verdadeira novidade ao mercado”, diz o gestor.

Os produtos e as peças que formam o mix de cada coleção da Hemb tem uma razão por estarem lá. Eles são definidos por uma cuidadosa curadoria de moda e objetos. Segundo Felipe, as marcas são selecionadas por apresentarem qualidade, contemporaneidade, tradição, preço justo e uma certa exclusividade.

Figuram nesta lista Armani Jeans, Diesel, Onitsuka Tiger (Asics), Reserva, Ricardo Almeida, Fred Perry, Lacoste Live, The North Face, Etiqueta Negra, Von der Völke, Foxton, Santacosta, bicicletas da escandinava Biomega e da holandesa Velorbys, objetos escandinavos da Scandinnavia Design, objetos da Droog Design, relógios da Alessi, Victorinox, facas Laguiole e Zwilling e muitos outras. Todas as marcas são separadas por corners e sinalização indicativa.

Arquitetura
Felipe garante que a loja tem uma arquitetura única: “Simples, versátil e com características de mobilidade próprias de um cenário de teatro”. Todo o mobiliário tem esta inspiração. O ponto de venda tem, ainda, um forte ar industrial, com tubulação de ar condicionado aparente, escadas em forma de andaime, piso e teto de madeira e uma iluminação introspectiva.

Presente e futuro
Hoje, a Hemb engloba vários lifestyles e faixas etárias, recebendo clientes com idades que vão dos 17 aos 90 anos. E não são somente os homens que visitam a loja. O público feminino equipara-se ao masculino em números, consumindo presentes para namorados, maridos, amigos e familiares, além de adquirirem para si objetos de design e livros.
Sobre o futuro, Felipe confessa planos de crescimento. “Está no nosso planejamento estratégico a expansão da marca. Estamos pensando, com certeza, na abertura de novas unidades. Mas ainda não definimos o formato e quando será iniciada esta etapa.”

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MAIS NOVIDADES