Notícias

Tel.:(11) 3897-6100

pt
en
es

COUROMODA 2024

Todos os serviços para sua participação na Couromoda.

VIAGEM E HOSPEDAGEM

Oportunidade de atualização com os principais temas do mercado.

CREDENCIAMENTO EMPRESARIAL

Garanta sua credencial para a mais importante feira de calçados da América Latina.

SÃO PAULO PRÊT-À-PORTER

Feira Internacional de Negócios para Indústria de Moda, Confecções e Acessórios.

Notícias da Couromoda

Calçado no Mundo

Notícias do Setor

Colunista

Lançamentos e Moda

Mídia

Facebook
Twitter
Pinterest
[wpavefrsz-resizer]

IDV projeta primeiro semestre de 2014 melhor do que o de 2013

Os associados do Instituto para Desenvolvimento do Varejo (IDV) – Itapuã Calçados, Paquetá e Lojas Renner, por exemplo – acreditam que as vendas do primeiro semestre de 2014 serão bastante superiores às do mesmo período de 2013. A projeção é baseada nas informações do Índice Antecedente de Vendas (IAV), estudo realizado mensalmente que aponta aumento real nas vendas para este e os próximos dois meses. 

Para o setor de bens semiduráveis, que inclui vestuário, calçados, livrarias e artigos esportivos e que teve alta de 6,8% das vendas em janeiro, a projeção é de crescimento de 11,6% em fevereiro, 7,6% em março e 10,6% em abril, em relação ao mesmo período do ano anterior. 
Para o varejo em geral, o IDV projeta aumentos de 6,5% em fevereiro, 7,4% em março e 9,6% em abril. Os números são melhores do que o de janeiro, que ficou em 6,8% na comparação com o mesmo mês do ano anterior, mostrando uma aceleração em relação a dezembro de 2013, quando o indicador apontou crescimento de 4,2% nas vendas do varejo. 

“O resultado de janeiro ficou muito próximo da média de crescimento das vendas de nossos associados nos dois últimos meses do ano, o que nos induz a crer que o primeiro semestre de 2014 deverá ser melhor do que o do ano passado”, diz Flávio Rocha, presidente do IDV.
Na avaliação dos associados do IDV, 2014 promete ser um ano com perspectivas melhores para o varejo nacional, principalmente em função de um início de ano mais promissor em relação ao de 2013. 

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MAIS NOVIDADES