Notícias

Tel.:(11) 3897-6100

pt
en
es

COUROMODA 2024

Todos os serviços para sua participação na Couromoda.

VIAGEM E HOSPEDAGEM

Oportunidade de atualização com os principais temas do mercado.

CREDENCIAMENTO EMPRESARIAL

Garanta sua credencial para a mais importante feira de calçados da América Latina.

SÃO PAULO PRÊT-À-PORTER

Feira Internacional de Negócios para Indústria de Moda, Confecções e Acessórios.

Notícias da Couromoda

Calçado no Mundo

Notícias do Setor

Colunista

Lançamentos e Moda

Mídia

Facebook
Twitter
Pinterest
[wpavefrsz-resizer]

‘Modernidade Transcontinental’ norteia couros e peles para o verão 2016

Os painéis de inspiração da feira francesa Première Vision reservam espaço para orientar o setor coureiro sobre as macrotendências que devem ser refletidas nas cores, texturas e acabamentos das peles e artigos do segmento. Para o verão 2016, o tema proposto leva o título 'Modernidade Transcontinental'.

Segundo o conceito, um colapso da cultura nos deixa perigosamente balançados entre a urgência de modernidade e a nostalgia do passado; entre o conhecimento e a experiência; o romantismo e o pragmatismo; velhos e novos mundos.

O tema, então, cria uma ligação aleatória entre destinos remotos. O resultado é uma série de viagens completas entre Hong Kong e Milão, Shangai e Cairo, Munique e Cidade do Cabo, Nova Iorque e Jaipur, Los Angeles e Antuérpia, Veneza e São Paulo.

Veja quais são os estilos de cada subtema:

Hong Kong e Milão: entre densidade e luz, cores que não demarcam lados. O cinza urbano é posto à prova pela umidade asiática. Os materiais são excepcionais, apesar da falsa simplicidade à primeira vista.

Shangai e Cairo: frágeis, voláteis, cores ilegíveis. Pólvora, pedras, areia e terras brancas. Os materiais são altamente táteis. Representa a fusão da técnica e das pequenas habilidades, num controlado retorno da rusticidade.

Munique e Cidade do Cabo: cores materiais: vermelho piscante, azul Ndebele, marrom aveludado, terracota e branco retratam austeridade e exibem sua exuberância.

Nova Iorque e Jaipur: alegria, pedras preciosas, cores solares. Rosa indiano e verde Manhattan desfrutam de uma convivência arriscada. As outras cores conversam entre si e sobrecarregam o espaço. Os materiais são luxuosos e opulentos.

Los Angeles e Antuérpia: entre a loucura brilhante e a austeridade, a paleta é estruturada por um amarelo 3D e um laranja luminoso e combatida por neutros "perfeitos". Os materiais também usam impressão digital e cortes a laser.

Veneza e São Paulo: kitsch ou prático, natural ou artificial, ácido ou transparente. Aqui as cores não são levadas tão a sério. Vegetais e materiais aquosos entram na inspiração.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MAIS NOVIDADES