Notícias

Tel.:(11) 3897-6100

pt
en
es

COUROMODA 2024

Todos os serviços para sua participação na Couromoda.

VIAGEM E HOSPEDAGEM

Oportunidade de atualização com os principais temas do mercado.

CREDENCIAMENTO EMPRESARIAL

Garanta sua credencial para a mais importante feira de calçados da América Latina.

SÃO PAULO PRÊT-À-PORTER

Feira Internacional de Negócios para Indústria de Moda, Confecções e Acessórios.

Notícias da Couromoda

Calçado no Mundo

Notícias do Setor

Colunista

Lançamentos e Moda

Mídia

Facebook
Twitter
Pinterest
[wpavefrsz-resizer]

No Rio de Janeiro, vendas devem aumentar em 9,5%

Estimativa do Clube dos Diretores Lojistas (CDL) do Rio de Janeiro indica que
o Dia dos Namorados deve aumentar as vendas no comércio em 9,5%. Depois
do Natal e do Dia das Mães, o Dia dos Namorados é a maior data comemorativa
do comércio e roupas, calçados, bolsas e acessórios, joias
e bijuterias, perfumes, lingerie, celulares e produtos de beleza devem ser os
presentes mais vendidos.

A expectativa de aumento de 9,5% nas vendas é resultado de uma pesquisa
feita com 500 lojistas. Segundo eles, a previsão de aumento pode até
ser superada já que, no período da pesquisa, mais de um milhão
de pessoas consultaram os registros do CDL-Rio à procura de crédito
e mais de 70 mil quitaram as dívidas. “Isso mostra que os consumidores
regularizaram suas contas para poder comprar mais no Dia dos Namorados”,
explica Aldo Gonçalves, presidente do CDL-Rio.

Os lojistas também estimam que o preço médio dos presentes
por pessoa deve ficar em torno de R$ 100 e que os clientes deverão usar
o cartão de crédito parcelado como forma de pagamento, seguido do
cartão de débito, cheque parcelado, a prazo (crediário) e
dinheiro. As mulheres são as que mais presenteiam, segundo a pesquisa e
a preferência pela compra na loja é maior do que pela internet.

“Os comerciantes estão criando uma série de estímulos
para aumentar as vendas, entre eles promoções, descontos, sistemas
de crédito diferenciados e diversificação de produtos. Tudo
isso nos leva a crer que teremos um Dia dos Namorados melhor do que no ano passado,
quando as vendas cresceram 8,5%”, finaliza Gonçalves.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MAIS NOVIDADES