Home > Notícias
16/08/2019

Após 40 anos, Amilcare Baccini despede-se da Assomac

A Assembleia da Assomac, associação que reúne os fabricantes de tecnologia para calçados e para a indústria de couro italianas, realizada em 29 de junho, foi uma oportunidade para Assomac, na pessoa de sua presidente, Gabriella Bocca, anunciar “a renovação da governança que fazia parte das tarefas que me haviam sido confiadas no momento de minha eleição, para dirigir a associação em direção a seu futuro”.

Assim, após 40 anos, concluiu-se a longa e altamente significativa experiência na gestão de Amilcare Baccini, CEO da Assomac Servizi, “a quem agradece infinitamente por ter conseguido liderar a Assomac durante esses anos, levando-a a tal nível de desenvolvimento”.

Uma capacidade, segundo o ex-presidente Giuseppe Barrera, nascida do fato de ter sempre “tratado e administrado a Assomac como empresa”. O testemunho de Amilcare Baccini foi registrado por Roberto Vago. Bocca explica, em seu relatório, que “no que diz respeito à situação econômica do setor, no primeiro semestre de 2019, as empresas tiveram de registar uma forte desaceleração das encomendas iniciadas em 2018 e que exige uma reconsideração da baixa do orçamento.

A novidade da tecnologia italiana para a área de couro, portanto, está em sua opacidade conjuntural. Após seis anos consecutivos de crescimento, no ano passado o setor puxou o freio de mão, entrando em fase de espera: estagnado o valor da produção, estagnou-se o número de empresas e funcionários. As exportações caíram 3,6% que valem 72% do faturamento.

Leia também:
Calçado português em busca do protagonismo
Micam de setembro 'chega ao paraíso', concluindo campanha iniciada há três anos
Contrabando de calçados na Rússia supera a produção nacional e praticamente se equipara à importação legal
Na Índia, governo corta impostos de exportação do couro e preocupa fabricantes de calçados