Home > Notícias
16/12/2018

Abertura prestigiada da COUROMODA envolve grandes expoentes da política e lideranças empresariais

Os governadores de São Paulo, João Doria; e do Rio Grande Sul, Eduardo Leite; a prefeita de Novo Hamburgo, Fátima Daudt, já confirmaram presença. Também foram convidados o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, os senadores Major Olímipio (SP) e Luis Carlos Heinze (RS); e os deputados federais gaúchos Lucas Redecker, Giovani Feltes e Marcel Van Hattem. Eles  são algumas das autoridades políticas que devem estar presentes na abertura oficial da Couromoda, no dia 14 de janeiro de 2019.

O novo momento econômico e político do Brasil traz perspectivas muito promissoras e um sentimento generalizado de otimismo e confiança. Diante deste quadro de mobilização, o engajamento de todos os atores políticos e empresariais, comprovado pelo prestígio verificado nas confirmações de presença na abertura oficial, garante que todos os esforços serãofeitos no sentido de fazer movimentar a roda da economia e dos negócios.

A Couromoda 2019 representa o primeiro grande evento de negócios deste novo Brasil. Lojistas e importadores visitantes terão à disposição mais de 2.000 coleções de calçados, roupas e acessórios para todos os nichos de mercados. Cerca de 90% da produção brasileira de calçados está representada na Couromoda, que responde por mais de 35% do movimento anual do setor e recebe compradores de todo o Brasil e players de outros 50 países.

Grande gerador de empregos e de divisas para o superávit de nossa balança comercial, o complexo calçadista emprega, diretamente, mais de 1 milhão de pessoas, do curtume à loja de calçado. Se somados os empregos indiretos, o número chega próximo a 1,5 milhão de pessoas envolvidas.

Valências do complexo calçadista
Presente em mais de 150 países ao redor do mundo, o calçado brasileiro tem design e qualidade que o tornam sucesso comercial, faltando-lhe somente melhores condições internas de competitividade para ampliar sua participação internacional. "Se o Brasil pretende acelerar sua retomada econômica e reduzir rápida e drasticamente o desemprego, a opção por segmentos econômicos como o complexo coureiro-calçadista se apresenta como uma alternativa ideal. O Rio Grande do Sul, maior exportador do segmento, tem boa parte de seu parque fabril ocioso e pronto para logo retomar a produção, gerando empregos, renda e divisas. O mesmo vale para estados como São Paulo e Santa Catarina", explica o fundador e presidente da Couromoda, Francisco Santos.

Com a participação e envolvimento direto dos líderes políticos e empresariais de cada região, complementa Francisco, temos certeza de que será possível recuperar boa parte da pujança do setor. "E a presença em eventos da magnitude da Couromoda é um atestado de comprometimento com este novo e promissor Brasil, com o qual todos temos responsabilidade. "Agradecemos desde já a valiosa participação de todos e aguardamos ansiosos pelo dia da abertura", finaliza o presidente da Couromoda.