Home > Notícias
16/04/2019

Abicalçados saúda criação de frentes parlamentares de defesa do setor calçadista

A Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), representada pelo presidente e diretor executivo, Heitor Klein e Haroldo Ferreira, respectivamente, esteve no di 15, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre/RS, para evento de criação de duas frentes parlamentares em defesa do setor calçadista.

As frentes, que se complementam na atuação pela competitividade, especialmente quanto à desburocratização estatal e diminuição da carga tributária, foram propostas pelos deputados estaduais Issur Koch e Dalciso Oliveira. “O nosso intuito, com essas frentes, é somar esforços na defesa do setor calçadista gaúcho, buscando um melhor cenário para a geração de emprego e renda no Estado”, ressaltou Koch, acrescentando que, num primeiro momento, as frentes estarão concentradas na desburocratização do Estado. “Vamos propor reuniões periódicas com calçadistas para levantar as demandas do setor”, concluiu.

Oliveira, que é sapateiro do Vale do Paranhana, ressaltou que o setor calçadista é especial para o Estado e que, por isso, precisa de defesa dos seus interesses para continuar gerando emprego e renda para a população. “Hoje o setor paga alíquotas de ICMS para vendas interestaduais maiores do que os nossos principais concorrentes, o que vem causando, além da migração de fábricas para outras regiões, o fechamento de estabelecimentos”, disse, ressaltando que o calçado gaúcho fica, em média, 10% mais caro do que os comercializados nos demais estados produtores, especialmente em função da maior carga do imposto estadual. Atualmente, o ICMS gaúcho é de 12%, valor muito menor do que o praticado em estados concorrentes.

O presidente-executivo da Abicalçados, Heitor Klein, saudou a iniciativa dos deputados, ressaltando que reconhece a dificuldade dos governos em cortar impostos a curto prazo, mas que somente o fato de remover entraves, especialmente os relativos à burocracia estatal, já daria um novo fôlego para a indústria calçadista.

Além dos deputados e dirigentes da Abicalçados, participaram do evento autoridades do setor calçadista, políticos e empresários.

Setor no RS (2018)
Estabelecimentos: 2,2 mil empresas (das 6,4 mil do Brasil)
Empregos: 92 mil postos diretos (dos 271 mil do Brasil)
Produção: 188,8 milhões de pares (dos 944 milhões do Brasil)
Exportação: 27 milhões de pares (dos 113 milhões do Brasil)

Fonte: Relatório Setorial Abicalçados