Home > Notícias
11/05/2018

Adidas vai fechar muitas lojas em favor do comércio eletrônico

A Adidas planeja fechar várias lojas nos próximos anos, como parte de uma estratégia para distribuir mais produtos online, de acordo com as palavras de seu CEO, Kasper Rorsted. Em entrevista ao jornal britânico Financial Times, Rorsted afirmou que a marca terá menos lojas, mas elas serão otimizadas. "Nosso site é a nossa primeira loja no mundo", complementou.

A Adidas gostaria de dobrar o tamanho das vendas aperfeiçoadas através do comércio eletrônico para atingir a cifra de 4 bilhões de euros até 2020, em comparação com 1,6 bilhão obtido no ano passado. A fabricante alemã de artigos esportivos opera 2.500 lojas em todo o mundo e 13.000 lojas franqueadas.

A Adidas acaba de lançar um aplicativo móvel que permite personalizar a experiência de compra online. O aplicativo está disponível nos Estados Unidos, Reino Unido e Alemanha, e este ano deve ser lançado na França, Espanha e Canadá.

Em 2017, a Adidas anunciou que alcançou um aumento de receita de 16%, chegando a 21,2 bilhões de euros, enquanto as suas margens operacionais aumentaram 120 pontos base para chegar a 9,8%.

Leia também:
Balanço de 2017 da Tempe aponta lucro, porém menor do que o de 2016
Cresce a relevância do Vietnã no segmento do calçado em nível mundial
Arábia Saudita: desfiles de moda, mas...
Expo Riva Schuh prepara a 90ª edição celebrando o passado e projetando o futuro
Bally: da origem suiça ao controle chinês