Home > Notícias
06/10/2017

BasicNet compra a Sebago e aumenta seu leque de marcas

Passo a passo, a BasicNet de Marco Boglione construiu e continua a aumentar seu portfólio de marcas casuais e esportivas. O mais recente movimento foi a compra da Sebago. Quem vendeu a Sebago, criada em 1946 e especializada em mocassins e docksides, foi o grupo Wolverine World Wide, com uma receita avaliada em 2,5 bilhões de dólares em Nova Iorque e que controla muitas marcas de calçados, incluindo a Saucony, marca de tênis de alta costura bastante apreciada também na Itália.

Tecnicamente, a compra da marca e dos seus direitos foi feitaa pela Tos srl, subsidiária inteiramente controlada pelo grupo BasicNet, pelo valor total de 14,25 milhões de dólares (cerca de 12 milhões de euros), além dos encargos secundários relacionados à aquisição. BasicNet e Wolverine também assinaram um acordo de colaboração válido até o final de 2017 para uma fase de transição.

A BasicNet, que fechou 2016 com receitas crescendo em 1,3% para 740 milhões de euros, se tornou uma dupla exceção: o único grupo italiano do setor com um portfólio tão diversificado (com Superga, K-Way, Kappa, Jesus Jeans, Sabelt e outras mais) e que compra na terra natal do sportswear, os Estados Unidos.

Leia também:
A leveza dos calçados Soldini conquista o consumidor
Bally: desejada por muitos
Na China, altas multas para quem copiar os calçados da New Balance
O acessório está na moda na Première Classe
Para os calçados, o futuro é agora