Home > Notícias
11/07/2017

Buscador de moda feminina oferece economia de tempo para consumidoras de moda

O Paraíso Feminino traz uma facilidade enorme para as consumidoras: o primeiro buscador de moda só para mulheres promove uma economia de tempo de mais de 2 horas para encontrar o melhor produto com o melhor preço. “A conta é feita com base na quantidade de e-commerces que temos cadastrados e que apresentam o mesmo produto versus tempo que levaria para entrar em cada um deles e comparar preços, cores etc.” explica Rachel Toyama, criadora do buscador.

Para os anunciantes, essa facilidade se traduz em aumento de vendas, lembrando que as marcas atingiram, somente no ano passado, mais de R$5 milhões em vendas.

O Paraíso Feminino é mais do que um simples buscador. É praticamente um Google da moda. Qualquer tipo de produto, de roupas a sapatos, acessórios, perfumes, tudo pode ser encontrado exatamente como na loja online de cada marca. Tudo que está na Colcci, está no nosso buscador, da mesma forma que tudo que está na Farfetch, na Posthaus e todas as outras que são nossos anunciantes”, explica Rachel.

Além disso, o buscador ainda tem um caderno exclusivo de tendência de moda, responde dúvidas e ajuda a montar looks para as clientes. “Não basta mais só oferecer a busca, é preciso agregar serviços e ajudar a consumidora a escolher melhor produtos para o corpo dela e para a ocasião”, enfatiza Rachel.

Segundo a criadora do buscador, a ideia do Paraíso Feminino é modificar o comportamento de consumo de moda da brasileira. "Assim como já acontece lá fora, queremos que seja impensável aqui também comprar sem usar um buscador, que pesquisa produtos e preços”, revela Rachel, que deixou a profissão de dentista e hoje também é consultora de moda. “Nós agregamos valor ao buscador e estamos mostrando para as brasileiras que consumir consciente é encontrar tudo que precisa em um único lugar”.

Entre as lojas encontradas no buscador também estão Dafiti, Carmen Steffens, Arezzo, Amaro, Passarela, Posthaus, Farfetch, Anacapri, Colcci, Schutz, Lancôme, Chanel, Louis Vuitton e Morena Rosa. O buscador espera receber mais 1.000 marcas até o final do ano.