Home > Notícias
13/11/2017

Como alavancar vendas utilizando omnichannel foi tema da palestra de Fábio Ricotta

Canais diferentes e integrados permitem fidelizar clientes e otimizar vendas

O CEO e cofundador da Agência Mestre, Fabio Ricotta apresentou a palestra que trouxe o conceito de omnichannel para lojistas e expositores que participam do Preview Couromoda 2018, que acontece no Expo Center Norte, em São Paulo. Segundo ele há um universo de oportunidades que podem ser exploradas para captar e fidelizar os clientes utilizando esse recurso.

Omnichannel traz o consumidor para o centro das atenções tendo a mesma experiência de compra em todos os canais – loja física, e-commerce e redes sociais. “Essa é uma nova era centrada no cliente, que deve ter uma visão única de marca; ao mesmo tempo, o lojista consegue conhecer profundamente o seu consumidor – seus hábitos, preferências, tendências de compra e comportamento”, explica o especialista.

Ricotta expôs quatro passos essenciais para gerar vendas: entender muito bem o consumidor; identificar suas dores e necessidades; marketing integrado e atribuição de vendas.

Para entender seu público o executivo mostrou ferramentas como a Similar Web, que mostra os pontos de interesse e mesmo o Facebook Insight que faz um Raio X do cliente em relatórios que mostram as cidades e regiões oferecendo oportunidades de trabalhar áreas geográficas específicas fazendo promoções, por exemplo.

“Quando identificamos a persona – nosso cliente – sabendo de todas as necessidades, comportamento e desejos, praticamente eliminamos a concorrência”.

Mapa da Empatia
Para a compreensão das necessidades e aflições de seus clientes existe uma ferramenta chamada Mapa da Empatia que traz perguntas como o que o cliente pensa e sente, o que ouve e vê, o que fala e faz. “Quando sabemos as respostas a todas essas perguntas criamos uma persona, que representa o consumidor e eliminamos praticamente a concorrência. Essa persona deve ser conhecida por todos os funcionários da empresa”, justifica Ricotta.

O marketing integrado exige um planejamento, que proporciona resultados a médio e longo prazo, mas que nem por isso deve ser esquecido. Esse planejamento mostra o fluxo de como será tratado o usuário. O especialista aconselha a investir bastante em conteúdo, citando como exemplo, um e-commerce de roupas masculinas, que pode ter um blog com matérias ensinando como combinar peças, ou quais os looks mais interessantes para usar com determinado calçado. “Você estará oferecendo ao seu cliente muito mais do que uma peça e sim prestando um serviço para ele, que se sentirá acolhido pela marca, o que é muito importante”, ressalta.

Unindo forças
As atribuições de vendas estão relacionadas à necessidade de se unir forças tanto entre as lojas físicas como no e-commerce e redes sociais. Além de todas contarem com a mesma política de preços e de promoções, deve haver apoio para que os vendedores incentivem as vendas croos-channel. “Pode-se traçar estratégias para que os vendedores ganhem comissões, mesmo quando a venda for realizada online – por exemplo, o cliente vai à loja, é atendido por um vendedor, experimenta o calçado, mas efetiva a compra pelo e-commerce; o vendedor pode dar a ele um código ou tag que ele insere em algum momento quando está comprando e a comissão vai para o vendedor que o atendeu”, explica.

Finalizando o palestrante informou que existem várias ferramentas para se mensurar as vendas, inclusive em lojas presenciais.

Quem viu a palestra aprovou e gostou!

Josiane Fernandes, da Carioca Calçados, de Santa Catarina, ressaltou a objetividade do palestrante, que esmiuçou o assunto de forma abrangente e ao mesmo tempo clara e fácil de se entender, sem usar muitos termos técnicos. “Alguns lojistas não estão acostumados com o universo digital e se confundem quando se fala em termos muito específicos”, explicou. A profissional de marketing elogiou os temas das palestras e seu alto nível, dizendo que acrescentou muito conhecimento à sua expertise.

Ricardo Fernandes, responsável pelo marketing da Imperador Calçados, também de Santa Catarina, exaltou o roteiro da palestra e seu didatismo. “Foi bem produtiva; nesse ramo de negócios há muitas empresas familiares sendo que os proprietários das lojas nem sempre estão familiarizados com esse universo digital, siglas, ferramentas de dados, etc. e o palestrante soube muito bem traduzir isso”, observou, complementando que foi uma palestra acessível e muito interessante.

Clique aqui e veja outras matérias do Preview Couromoda 2018
Clique aqui e veja os lançamentos do Preview Couromoda 2018