Home > Notícias
28/01/2020

Comprador sul-africano presente na Couromoda pretende ampliar negócios com o Brasil

A 47ª edição da Couromoda, mostra calçadista que aconteceu no Expo Center Norte, em São Paulo/SP, entre os dias 13 e 15 de janeiro, foi palco para mais uma edição do Projeto Comprador Vip. Realizado por meio do Brazilian Footwear, programa de apoio às exportações de calçados mantido pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), o projeto trouxe ao Brasil o comprador Vasu Pillay, do grupo Polo South Africa, da África do Sul.

A analista de Promoção Comercial da Abicalçados, Paola Pontin, que acompanhou o comprador, ressaltou que ficaram alinhavados negócios na ordem de US$ 60 mil, que devem ser efetivados nos próximos meses. "A participação foi bastante proveitosa. O comprador, que tem um grande potencial de importação de calçados, atualmente os traz todos da China, mas gostaria de ampliar o mix de fornecedores e produtos ofertados", conta Paola.


Vasu Pillay (à direita), do grupo Polo South Africa: 21 lojas próprias e presença em mais de 300 multimarcas

Pillay, que representou o grupo que possui 21 lojas próprias e está presente em mais de 300 lojas multimarcas na África do Sul, afirma que ficou "muito feliz em vir ao Brasil", especialmente pelo fato de fazer um trabalho de prospecção de novos parceiros com a orientação da Abicalçados, que antes mesmo da viagem enviou as opções disponíveis, das quais algumas foram selecionadas por ele, otimizando o tempo e facilitando as negociações. "Planejo voltar ao Brasil em dois meses, com mais pessoas da equipe, para visitar algumas fábricas. A intenção é iniciar um trabalho com o Brasil ainda esse ano", projeta o comprador, que se disse mais interessado em calçados femininos de couro.

África do Sul
A África do Sul é um importante mercado mundial para calçados, com um consumo de 250 milhões de pares por ano, dos quais 90% são importados, a maior parte da China (88%). No ano passado, o país importou quase US$ 6 milhões em calçados brasileiros, 21% mais do que em 2018.