Home > Notícias
27/04/2018

Desfile da Cotton Project no SPFW 45 questiona as mudanças de vida

A passarela além de lançar moda também serve de palco para as marcas questionarem temas importantes como: se você pudesse se livrar de suas obrigações e começar uma vida nova, como ela seria? Foi essa e outras questões que a grife Cotton Project analisa e questiona em sua coleção para o inverno 2018. Antecipando a subjetividade da resposta, em um primeiro momento a marca propõe uma análise ética em vez de uma imposição estética, apresentando dez citações que funcionariam como drivers internos para mudança.

Em um segundo momento, com a inevitabilidade da representação estética, a marca apresenta uma visão pessoal dessa mudança. De acordo com a Cotton Project, essa mudança de vida passaria por uma mudança comportamental (neuroplasticidade) e a proposta de um maior equilíbrio entre a vida urbana e a natureza, uma fuga bucólica.

A coleção
Seguindo essa linha, a coleção da Cotton Project se traduz em cores rurais, conceitos clássicos/funcionais e uma estética atemporal.
Cores: Cores terrosas (marrom, bege e ocre), mostarda, lilás, verde pastel, petróleo e cores clássicas (marinho, preto, branco e cinza).
Materiais: Camurça, pelúcia sintéticas, jacquard, moletom, veludo cotelê, jeans, sarja, tricot e couros naturais.



FICHA TÉCNICA

Direção Criativa: Rafael Varandas
Estilo: Acácio Mendes
Direção do Desfile: Augusto Mariotti
Trilha: Marcelo Gerab
Cenografia: Man Made
Beleza: Dindi Hojah