Home > Notícias
07/06/2019

Egito receberá parte da produção do gigante chinês Huajian Group

O grupo líder no setor de calçados na China, Huajian Group, fará grandes investimentos na área periférica industrial do Cairo, conhecida por sua produção de couro. Isto foi declarado pelo ministro egípcio da Indústria e Comércio, Amr Nassar. Nassar falou aos jornalistas após seu encontro com uma delegação do grupo Huajian de calçados, liderada por Zhang Huarong, fundador e presidente da empresa, que também contou com a presença do conselheiro de assuntos econômicos da Embaixada da República Popular do Cairo.

“A Huajian pretende aumentar os investimentos na nova Roubiki Leather City, em especial no que diz respeito aos produtos de couro de alto nível", disse o
ministro. "O Egito pretende fornecer todo o apoio necessário em todos os setores da economia aos grandes investidores, um apoio que beneficiará tanto os investidores quanto a economia egípcia", disse Nassar.

O ministro também destacou a longa experiência do grupo na produção de couro, enfatizando o sucesso da empresa na construção de toda uma área industrial na Etiópia, que lhe valeu o título de "maior investidor na África". Zhang, por sua vez, afirmou que a intenção de Huajian de investir no Egito enquadra-se no âmbito da Iniciativa do Cinturão e Rota (BRI), que incentiva as empresas chinesas a fazer novos investimentos em países que participam da iniciativa econômica e comercial.

O presidente do grupo Huajian descreveu o Egito como um dos países estratégicos para o BIS, e acrescentou que os líderes egípcios têm uma visão muito clara dos investimentos a serem feitos na África, o que constitui "uma forte motivação para o nosso grupo investir no mercado egípcio”.

Leia também:
Luisa Via Roma e Secoo firmam parceria
China segue com vendas impressionantes no comércio online; já no varejo físico, performance é mais tímida
Itália lida com a queda dramática do consumo interno de roupas e calçados
Egito receberá parte da produção do gigante chinês Huajian Group
Marca espanhola Munich fechou 2018 com desempenho vigoroso