Home > Notícias
06/04/2020

A crise afeta a indústria calçadista de Portugal

O Covid-19 atinge o calçado português quando outra crise já vinha à tona. Portugal é um dos cernes da indústria europeia de calçados e a epidemia de coronavírus se sobrepõe a uma certa desaceleração do mercado.

Em comunicado aos sócios, a Apiccaps (associação comercial portuguesa da categoria) sugeriu às empresas do setor de calçados que interromperam atividades a acordar férias (10 dias úteis) com os funcionários para mitigar os efeitos do coronavírus e observar sua evolução.

A associação também explica que, “sem trabalhadores saudáveis, não será possível reiniciar a produção quando essa epidemia for superada”. Os empresários do setor contatados pela Felgueiras Magazine afirmam que muitos pedidos foram adiados e há escassez de matérias-primas.

Leia também:
Itália: produção calçadista parada
Stella International: grupo calçadista de Hong Kong tenta retomar a normalidade
Coronavirus: Armani redireciona produção para confecção de jalecos e faz doações
OutDoor by ISPO: edição 2020 cancelada