Home > Notícias
19/04/2022

Prefeitura, ACIF e Francal Feiras discutem projeto voltado ao setor calçadista

A ACIF (Associação do Comércio e Indústria de Franca), a Prefeitura de Franca e a Francal Feiras reuniram-se, dia 11, para discutir a criação de um projeto voltado ao setor calçadista de Franca. Baseado na FBR (Franca Business Round), ocorrida em novembro de 2021, o novo projeto deve incluir em seu escopo, dentre outras ações, uma rodada de negócios com importadores.

Participaram do encontro o prefeito de Franca, Alexandre Ferreira, a secretária de Desenvolvimento de Franca, Lucimara Prado, o presidente da Francal Feiras, Abdala Jamil Abdala, o presidente da ACIF, Tarciso Bôtto, os diretores da ACIF Júlio Schreck e João Batista de Lima, também diretor da Francal Feiras, o superintendente da ACIF, Marcelo Carraro Rocha, dentre outros integrantes da equipe técnica da ACIF e Prefeitura.

"A ideia é trazer o nome Francal de volta para Franca e chamar importadores para que eles possam conhecer a qualidade do calçado local e terem a oportunidade de negociar com os nossos fabricantes", disse o prefeito. "Queremos resgatar não só a origem da Francal para Franca, mas resgatar a pauta exportadora e fazer com que ela seja cada vez mais forte. É um projeto importante e essa foi a primeira aproximação entre os envolvidos, mas continuaremos a reunir lideranças comerciais da cidade, como o Sindifranca, dentre outras, para compor forças", concluiu.

De acordo com o presidente da Francal, o intuito do projeto é propiciar um ambiente de negócios para as indústrias locais e projetá-las para o cenário internacional. "A Francal se sente extremamente honrada em fazer parte deste processo, mostrando a capacidade dos empresários de Franca e o poder do nosso polo de calçados para o mundo. Vamos trazer importadores e, consequentemente, gerar bons negócios e empregos", disse Abdala.

Para o presidente da ACIF, as expectativas também são boas. "Tivemos uma experiência importante com a FBR. Em nosso balanço, verificamos junto às empresas participantes prospecções para a exportação de quase 46 mil pares de calçados, numa geração de negócios avaliada em mais de R$ 6 milhões, no prazo de 6 meses", disse Tarciso. "Ainda estamos no início das tratativas, mas, boas notícias vêm por aí", afirmou.

Participaram da FBR 30 fábricas calçadistas locais e mais de 20 importadores do Chile, Colômbia, Equador, Estados Unidos, Paraguai, Peru e Uruguai.