Home > Notícias
08/09/2017

Primetime.shoes: nova feira de calçados será realizada pela Messe Frankfurt

Em um contexto geral de renovação do panorama de feiras de calçados na Alemanha, com algumas encerrando as atividades e outras reposicionando suas datas, foi anunciada a criação de um novo projeto: Primetime.shoes. A feira, com a qual o Centro de Exposições Messe Frankfurt entra em contato pela primeira vez com o mundo dos calçados, terá um conceito inovador que foca em datas antecipadas e na estratégica de centralizar visitantes e expositores da Europa em Frankfurt.

“Hoje, organizamos 134 eventos ao ano no mundo, com um faturamento de 646,7 milhões de euros e 1,6 milhão de visitantes. Com a Primetime.shoes, entramos pela primeira vez num setor em que não temos uma competência específica, mas acreditamos no projeto, na escolha das datas e do conceito”, disse Stephan Kurzawski, vice-presidente sênior da Messe Frankfurt.

Fatores-chaves
Yan Belyaev, da revista russa Shoesreport, parceira na organização da nova feira, explica que eles focaram em cinco fatores-chave: as datas de 27 a 29 de janeiro e de 27 a 29 de julho, permitindo que os compradores pudessem começar a trabalhar com antecedência com as novas coleções; a localização de Frankfurt, com sua posição estratégica no centro da Europa e suas infraestruturas; no fronte da exposição com pavilhões nacionais subdivididos por tipologia de produto e com um serviço de catering de recepção; na integração maior entre as empresas e a imprensa profissional; nos acordos com hotéis e locomoção do aeroporto à exposição; e em um programa especial para os compradores com a organização de companhias aéreas da Rússia, da Ucrânia e de outros países do leste europeu.

Leia também:
O couro “usado” da Air France virá peça de moda
Robert Clergerie: retomada ao mercado de calçados de luxo
Puma comemora crescimento de 17%
MILANO XL: instalações vão mostrar o talento e a criatividade da Itália
Mundo da moda se encontra em Milão durante a theMicam, principal feira de calçado do mundo
Adidas: todo mundo louco pelo Yeezy Boost