Home > Notícias
21/06/2018

Rede italiana de lojas Ovs teve crescimento de dois dígitos, com vendas de 1,5 bi de euros

A rede italiana de lojas Ovs fechou o ano fiscal até 31 de janeiro com vendas líquidas de 1,5 bilhão de euros, um aumento de 12%. O EBIT ajustado, por outro lado, somou 196,5 milhões (+5,3%), enquanto o resultado líquido ajustado atingiu 106,5 milhões (+16%). Em relação às vendas de marcas individuais, as de Ovs somaram 1,18 bilhão, um aumento de 3% em relação ao ano anterior, enquanto as de Upim chegaram a 228,8 milhões, um aumento de 8%. Em 2017, a rede aumentou em 151 pontos de venda entre a Itália e o exterior, atingindo uma rede total de 1.624 lojas, das quais 744 são gerenciadas diretamente. Somam-se a estas as 140 lojas na Suíça e as 11 na Eslovênia em franchising, convertidas em Ovs graças ao acordo comercial assinado com a Sempione Fashion AG.

Cristine Grings Nogueira recebe Prêmio Exportação RS em nome da Piccadilly
A presidente Cristine Camila Grings Nogueira representou a Piccadilly (Igrejinha/RS) em recente cerimônia de entrega do Prêmio Exportação RS 2018, em Porto Alegre/RS. Este é o 10º ano consecutivo que a empresa conquista o prêmio da Associação dos Dirigentes de Vendas do Brasil (ADVB/RS). “Este é o reconhecimento maior do nosso esforço para levar nossos produtos e a tecnologia nacional para o exterior”, afirma Cristine. Hoje, cerca de 30% da produção da empresa são destinados a 101 países, nos cinco continentes, o que demostra a força da marca no mercado internacional. São 7 mil pontos de vendas no exterior. Em muitos destes países, como Estados Unidos, Guatemala, Arábia Saudita, Nova Zelândia e Kuwait, a Piccadilly opera lojas exclusivas.

Líderes mundiais de marketing preveem aumentar gastos com digital
Estudo realizado pela Gartner com empresas que movimentam mais de 250 milhões de dólares por ano, no Reino Unido e na América do Norte, apontou que 67% dos líderes de marketing planejam aumentar os gastos com marketing digital em 2018. O investimento em tecnologia é outro ponto importante para as empresas, pois na era digital o desempenho do marketing está atrelado às soluções de TI, indispensáveis para os cruzamentos de dados, definições de estratégias, tomadas de decisão e maior alcance de consumidores, explica o especialista em Marketing Digital, Rafael Rez. Ainda de acordo com o levantamento, a análise de dados é uma das prioridades nos orçamentos dos CMO’s (Chief Marketing Officer), pois 9,2% da verba é destinada a essa área. Já os gastos com inovação em marketing representam 10% do orçamento total.

Receita da BasicNet registra incremento e supera 747 milhões de euros
As vendas e o lucro cresceram para a BasicNet, empresa que gerencia marcas como Kappa, Robe di Kappa, Superga, e as recentes Briko e Sebago. O grupo fechou 2017 com uma receita de 747,8 milhões de euros (+1,1% sobre 2016) e um resultado líquido consolidado de 10,6 milhões, crescimento de 3,3% em relação ao ano anterior. No 31 de dezembro de 2017 estavam em operação no mundo 1.262 lojas de marca única e shop-in-shop de marcas do grupo presidido por Marco Boglione, que durante o ano passado adquiriu Briko e Sebago. “Em menos de seis meses, a histórica marca americana Sebago já é parte integrante do modelo de negócios, enquanto a captação pedidos da Superga também confirma uma recuperação no mercado italiano”, explicou o CEO Gianni Crespi, que tem expectativas positivas para 2018.

Pesquisa mostra comportamento do varejo em 2018
O diretor-executivo da Associação Brasileira de Lojistas de Artefatos e Calçados (Ablac), Wesley Barbosa, apresenta no dia 17 de julho, em São Paulo, os dados sobre o consumo de calçados no Brasil entre os meses de janeiro e junho de 2018. O levantamento está sendo finalizado pela KantarWorldpanel, a pedido da entidade lojista, e será anunciado aos cerca de 400 participantes – lojistas, dirigentes de entidades e jornalistas – do fórum promovido por Ablac, Francal e Usaflex no Expo Center Norte.

Colaborou Lorenzo Raggi (FotoShoe Magazine - Milão/Itália)