Home > Notícias
19/06/2018

Todos querem exportar

Em meio à crise, nossos empresários se deram conta que, nos últimos anos, foram aos poucos perdendo seus clientes internacionais, ou nem tentaram conquistá-los. Agora, todos querem exportar. Só que relacionamentos, cadeias de distribuição, divulgação de marca no exterior e market share não acontecem da noite para o dia.

Aqueles que nunca deixaram de dedicar entre 20% e 30% de sua produção para exportação têm melhores condições de retomar posições internacionais. Aos demais, sugiro que arregacem as mangas e trabalhem muito, pois o mundo lá fora está sedento por novidades.

Muito mais que exportar, é hora de internacionalizar. Internacionalizar é exportar com requinte, inovação, tecnologia, design e profissionalismo. É fazer parte de uma comunidade global de fornecedores de bens de consumo, com capacidade para competir com marcas de outros países. E que tal usar o “jeitinho brasileiro” para tornar nossas empresas mais produtivas? Nosso “jeitinho” também significa flexibilidade e criatividade para encontrar novas possibilidades. E por que não novos mercados? O Oriente, por exemplo, além de fornecedor, é um gigantesco comprador. A já temida China, hoje, é o maior parceiro comercial do Brasil e deve, sim, ser aliada de seus negócios também.

Mudança de paradigmas
Difícil? Sim, a criação de uma cultura exportadora em uma empresa exige mudar paradigmas e quebrar padrões de comportamento. Sem contar que este desafio chega no momento em que as empresas estão sem folga no caixa para maiores investimentos.

Mas os empresários brasileiros são corajosos, resilientes e dotados de uma tenacidade que beira a teimosia, já que resistimos a tantos baques, crises, carga tributária insana e incertezas. E é exatamente nesta capacidade de resistência que se encontra o arrojo necessário para um processo de internacionalização adequado para conquistarmos nosso espaço definitivo como fornecedores de produtos de ponta.

Ana Klein é diretora de Relações com Mercado da ACS Global | ana.klein@acslog.com