Home > Notícias
26/10/2018

Vans projeta crescer de 10% a 12% nos próximos cinco anos e atingir faturamento de US$ 5 bilhões

Um crescimento médio entre 10% e 12% nos próximos cinco anos para atingir um faturamento de US$ 5 bilhões. Esse é o ambicioso programa de crescimento da marca Vans ilustrado pelos seus proprietários desde 2004: VF Corp.

O grupo norte-americano afirma que nos próximos cinco anos, o streetstyle da Vans passará por uma fase de crescimento diversificado e equilibrado em todas as categorias de produtos, canais de distribuição e áreas geográficas, “impulsionado por uma execução disciplinada de investimentos”. 

O crescimento do negócio calçadista deve ficar em torno de 10 a 12%, enquanto vestuário e acessórios devem melhorar as posições de 13 a 15%. A previsão digital é explosiva: as vendas on-line crescerão entre 30 e 35%.

“A Vans está caminhando em direção a sua aspiração legítima de ser a terceira maior marca de lifestyle esportiva do mundo”, disse o presidente Doug Palladini. A empresa fechou o ano fiscal de 2003,
o último antes da entrada da VF Corp, com um faturamento de 330 milhões de dólares. Seu último orçamento, pouco menos de 15 anos depois, superou US$ 3 bilhões.

Tudo isso indica claramente o quanto a VF Corp aposta na Vans e justifica a recente decisão de separar o negócio de jeans, criando uma nova empresa para canalizar as marcas Lee, Wrangler e a gerência dos outlets. A operação deve ser concluída em meados de 2019.

Leia também:
Tênis: o padrão tartã chegou
Grife italiana Baldinini faz aposta glam em sua nova coleção para a temporada de verão
Pureza envolta em charme e mistério é o tema central da nova coleção da Loriblu
Lineapelle consolida seu alcance global de principal feira de couro e materiais para a indústria calçadista