Home > Notícias
15/09/2020

Conexão COUROMODA: varejo de calçados mantém compras presenciais e destaca importância das grandes feiras calçadistas

A transformação digital não deve alterar muito as compras das lojas de calçados, que continuarão sendo presenciais, isto é, feitas por ocasião da visita dos representantes das fábricas ou durante as grandes feiras nacionais. Exceção são os pedidos de reposição e os casos pontuais de pronta entrega, que já são ou serão feitos de forma online.

Os lojistas que participaram do Conexão COUROMODA desta terça-feira – Mário Zanatta, da Studio Z (Palhoça/SC), e Eduardo Isaia, da Eny Calçados (Santa Maria/RS) – enfatizaram que o calçado tem peculiaridades que podem ser observadas somente na compra presencial. “Gosto de sentir o produto, conferir o calce e verificar se não existem defeitos de fabricação”, afirma Isaia. “O comprador gosta, literalmente, de cheirar o sapato, sentir o toque e certificar-se da flexibilidade”, destaca Zanata.

O evento teve também a participação de Marlin Kohlrausch, presidente do Conselho Consultivo da Bibi (Parobé/RS). Para ele, as vendas B2B no varejo de calçados cresceram significativamente nos últimos meses, mas ainda precisam avançar mais até que substituam as presenciais. “Independentemente da forma de compra, é importante que os benefícios do calçado sejam destacados para que o vendedor saiba transmiti-los ao consumidor”, acrescenta.

Feiras cada vez mais importantes
Tanto os lojistas quanto o fabricante destacaram também que as grandes feiras nacionais e de caráter global, como a Couromoda, continuarão sendo importantes em suas estratégias de negócios. Marlin Kohlrausch destaca que a transformação das feiras deve incluir a apresentação de novas tecnologias e o debate de novas tendências para o varejo, além da geração de negócios. “Não consigo ver lançamentos e tendências de mercado de forma conjunta e com a devida assertividade em outro local que não seja a feira”, afirma Zanatta. Para Isaia, a feira é primordial para o processo de pesquisa, análise de produtos e compras. “É o local onde encontro amigos, vejo lançamentos e, logicamente, compro o volume de produtos adequado às nossas projeções de vendas”, explica.

O Conexão Couromoda teve a coordenação do editor do Portal Couromoda, o jornalista Mauro Moraes, e do diretor do Fórum Couromoda, Airton Manoel Dias. Nesta edição, também participaram o presidente do Grupo Couromoda, Francisco Santos, o diretor geral Jeferson Santos e o diretor superintendente, Jorge de Souza, além de outros lojistas e parceiros da Couromoda.

Veja abaixo a íntegra do debate no vídeo: