Home > Notícias
20/02/2019

Venda de calçados brasileiros aos Emirados cresce 91%

A venda de calçados brasileiros aos Emirados Árabes Unidos apresentou crescimento de 90,8% em receita e de 172,2% em número de pares no mês de janeiro, conforme relatório divulgado pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados). O volume total embarcado ao país árabe foi de 465 mil pares, com receita de mais de US$ 2,8 milhões, o que representa cerca de 3% do total exportado pelo País.

“Analisando especificamente as exportações para os Emirados, o que puxou as exportações foram os chinelos de borracha, com crescimento de 433% em volume na relação com janeiro do ano passado. Friso que a importação desse produto brasileiro responde por mais de 50% da pauta daquele país”, informou a coordenadora de Inteligência de Mercado da Abicalçados, Priscila Linck, em nota à ANBA.

No primeiro mês do ano, o Brasil registrou embarque de 15 milhões de pares para seus mais de 150 destinos, com receita de US$ 99,3 milhões, altas de 33,4% em volume e 23% em receita no comparativo com janeiro de 2018.

“Existe um efeito positivo nas exportações brasileiras, notado desde o último trimestre de 2018, que é pulverizado em todos os mercados. Não existe um destaque ou diferencial específico para os Emirados. A tendência é decorrente, principalmente, da estabilização internacional, arrefecimento das tensões comerciais e estabilização cambial”, acrescentou Priscila.

Os principais destinos do calçado brasileiro em janeiro foram Estados Unidos, França, Argentina e Reino Unido, nessa ordem. No mês, os norte-americanos compraram 1,67 milhão de pares por US$ 18,47 milhões, crescimento de 80% em volume e de 52% em receita ante o mesmo mês de 2018.