Home > Notícias
15/01/2020

FÓRUM COUROMODA: Vitor Magnani aborda a integração dos universos online e offline

Após a abertura oficial da Couromoda, Vitor Magnani, presidente da Associação Brasileira Online 2 Offline (ABO2O), subiu ao palco para conversar com os presentes sobre a integraçâo necessária entre os dois universos para a otimização dos negócios. A entidade hoje reúne mais de 80 plataformas que conectam usuários de um lado e produtos e serviços do outro, e entre alguns de seus associados estão iFood, Hotmart, Peixe Urbano, Cabify, Lady Driver e Blablacar, entre outros. “Quero aqui abordar um novo contexto da economia mundial que está baseada em resolver problemas e trabalhar o repertório das pessoas. Cada vez mais, o profissional precisa ter habilidades para conseguir atuar em um mundo que vive constante transformação”, iniciou Magnani.

Segundo ele, o mundo que sempre mudou, agora ele muda cada vez mais rápido. E isso traz novas realidades e oportunidades para grandes negócios. “É um outro contexto econômico e uma outra possibilidade que está em crescimento exponencial no Brasil e no mundo. Quero chamar a atenção aqui é para as grandes possibilidades tendo em vista um conceito e um contexto onde, cada vez mais, vamos observar novas tecnologias que, se bem aproveitadas pelos varejistas, podem ajudar a vender cada vez mais”.

Apesar de ser uma Associação relativamente nova, devido à realidade deste universo também ser recente, os números crescentes de associados mostram que o caminho ainda tem muito para ser explorado. “Nosso objetivo é fomentar e desenvolver este setor, seja debatendo pagamentos eletrônicos, produção de dados, questões tributárias, trabalhista e uma série de mudanças observadas na sociedade que gera um determinado impacto e que deve ser bem equacionado pela opiniãopública, governo, imprensa e academia. Éneste universo que orbitamos”, explicou o presidente da ABO2O.

Para finalizar, Vitor pontuou a importância de poder falar com o público de uma feira como a Couromoda. “É extremamente rica, pois aqui podemos explanarassuntos que hoje estão dentro de um segmento digital mais próximo da economia mais tradicional, que é com o que o varejista sempre trabalhou muito bem em seus pontos físicos. Aproximar estes dois mundos pode gerar grandes oportunidades de negócios”.