Notícias

Tel.:(11) 3897-6100

pt
en
es

COUROMODA 2024

Todos os serviços para sua participação na Couromoda.

VIAGEM E HOSPEDAGEM

Oportunidade de atualização com os principais temas do mercado.

CREDENCIAMENTO EMPRESARIAL

Garanta sua credencial para a mais importante feira de calçados da América Latina.

SÃO PAULO PRÊT-À-PORTER

Feira Internacional de Negócios para Indústria de Moda, Confecções e Acessórios.

Notícias da Couromoda

Calçado no Mundo

Notícias do Setor

Colunista

Lançamentos e Moda

Mídia

Facebook
Twitter
Pinterest
[wpavefrsz-resizer]

Wolverine Worldwide: bons ressultados em 2012

Em 2012, a Wolverine Worldwide (Sebago, Merrell, Patagonia, Cat) estabeleceu seu novo recorde de faturamento, para 1,6 bilhões de dólares, o que representa crescimento de 16% em comparação com 2011. Esse resultado do grupo americano especializado em calçados foi bastante ajudado pelo aporte de 219 milhões fornecido pelo Performance-Lifestyle Group (divisão da Collective Brands), cuja aquisição, por 1,25 bilhões de dólares, foi finalizada no último trimestre de 2012.

 “O ano de 2012 representou uma etapa fundamental para nós porque foi o nosso terceiro exercício recorde seguido, que foi aperfeiçoado com a aquisição das quatro marcas da PLG (Sperry Top-Sider, Saucony, Stride Rite e Keds)”, explica Blake Krueger, presidente do Conselho de Administração e CEO.

Apesar da situação econômica, o grupo teve que dar início à integração das marcas da PLG. E, assim, as suas margens (bruta e operativa) diminuíram visivelmente, passando respectivamente de 39,5 para 38,3% e de 12,1 para 6,9%. O lucro operativo do grupo fixa-se, assim, em quase 114 milhões de dólares para 2012.

Para 2013, o grupo visa um faturamento total entre 2,7 e 2,8 bilhões de dólares, para um crescimento de 7 a 10% em comparação com os resultados combinados da Wolverine e das marcas da PLG em 2012. Seu EBITDA poderá chegar a uma cifra entre 330 e 345 milhões, contra os quase 221 de 2012. O grupo pretende ter estes resultados nos Estados Unidos, na América Latina e na Ásia-Pacífico, enquanto se aguarda um novo ano delicado na Europa.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MAIS NOVIDADES